Empresário de Sorocaba doa mais de 3.000 máscaras (face schield) a hospitais locais e incentiva empresas de outras cidades

Sorocaba, São Paulo 4/5/2020 – Disponibilizamos gratuitamente o molde para poupar tempo a quem quer ajudar sua comunidade, desta forma a produção pode iniciar imediatamente!

O empresário Marcos Roberto Corrêa Silva (Beto Corrêa), da MRC Art, empresa de brindes Sorocabana doou, com ajuda de alguns clientes, mais de 3.000 equipamentos de EPI do tipo Face Shield para o Hospitais da região, além disso a empresa disponibilizou o modelo da máscara para que outras empresas possam produzir imediatamente e assim ajudar os profissionais da saúde locais.

O COVID-19 é um marco na história da humanidade, opiniões à parte, ele trouxe tantas dúvidas e apontou tantos problemas que será impossível que após essa pandemia o mundo volte a ser como antes, haverá um “novo” normal.

Um dos grandes problemas trazidos à tona com o Corona Vírus é a carência generalizada de equipamentos de proteção individual (EPI), especialmente no segmento de saúde e esse problema chamou a atenção de um empresário de Sorocaba: Marcos Roberto Corrêa Silva (Beto Corrêa), um dos sócio da MRC Art

A empresa produz brindes criativos usando madeira, acrílico e metal. Sendo a “queridinha” de muitos artistas, sua imagem está sempre relacionada com alegria, festa, música, eventos, etc. Mas, em tempos de Coronavírus, tudo virou de ponta-cabeça e o impacto social já está sendo terrível, então, quem tem cabeça pra pensar em festas? 

Vendo a situação alarmante e ciente das carências de sua cidade e dos hospitais locais o empresário resolveu pesquisar sobre os EPI (sigla para Equipamento de Proteção Individual), correu atrás, especialmente, de regulamentações, afinal, não adiantaria querer ajudar se houvessem impedimentos legais para isso.

Pesquisando ele descobriu que havia um tipo de EPI que ele poderia produzir imediatamente: a máscara conhecida como “Face Shield”, aquele escudo transparente, muito usada por manicures, dentistas e outros profissionais.

Como sua empresa já domina o uso do acrílico e outras películas e possui equipamentos para corte de precisão ele tratou de desenvolver um modelo fácil de produzir, eficiente e que pudesse ser acessível, visto que alguns desses equipamentos custam mais de sessenta reais a unidade.

Foram algumas noites sem dormir, projetos, testes, protótipos, etc… Até que conseguiu um modelo aparentemente viável e levou aos profissionais da saúde para avaliação.

Algumas mudanças, sugestões e adaptações depois e o modelo final foi aprovado pelos profissionais de saúde e já foi posto em produção.

Com a ajuda de alguns clientes, a empresa conseguiu cobrir o custo de produção das primeiras 500 unidades.

Influenciado pela iniciativa, Cesar Henrique Cremon Palazzo,da Seritec, também de Sorocaba, produziu mais 500 unidades usando o modelo criado pela MRC Art. Atualmente, as empresas têm atuado conjuntamente para produzir o máximo de EPI´s possível, alocando 100% de seu maquinário nessa tarefa.

Estamos torcendo para que outros empresários também usem nosso modelo para ajudar os hospitais locais, especialmente nas pequenas cidades que terão menos acesso aos recursos emergenciais e maior dificuldade de logística, nesses casos qualquer EPI que possa ser produzido localmente é de grande ajuda – comenta Marcos Roberto Corrêa (Beto Corrêa) da MRC Art.

O que começou com apenas 500 unidades já ultrapassou o número de 3.000 EPIs entregues, doados com a ajuda de clientes das empresas MRC Art e Seritec que têm arcado com os custos de matéria-prima. Atualmente, a empresa está produzindo 200 unidades diárias de Face Schield para doação.

Os EPIs já foram distribuídos para diversos hospitais e órgãos, tais como:

Hospital Regional de Sorocaba
Santa Casa Sorocaba
Conjunto Hospitalar de Sorocaba
UPA Éden
Santa Casa Tapiraí
Hospital Municipal Unidade Taubaté
IML de Sorocaba
Banco de Olhos de Sorocaba

 

A iniciativa já está contagiando outras empresas em diversas cidades do Brasil e a MRC Art está liberando gratuitamente os moldes para corte a laser, que podem ser solicitados pelo Instagram da empresa (@mrc.art.br), via direct.

São ações como essa que fazem a diferença, especialmente no interior dos estados, cidades de pequeno e médio porte que não têm os mesmos recursos que as capitais dos estados para evitar a disseminação do vírus. São pequenos gestos, mas com grande impacto social.

 

Website: http://www.mrc.art.br

%d blogueiros gostam disto: