Escócia iniciou a primeira fase da flexibilização de seu lockdown

A Escócia diminuiu o seu bloqueio, após 66 dias em lockdown. No Reino Unido, cada nação tem autonomia para lidar com a pandemia de coronavírus. Podendo assim, tomar decisões baseados em suas realidades. A partir de agora, é possível encontrar novamente com amigos e familiares.

As novas regras permitem que pessoas de duas famílias podem se encontrar do lado de fora, desde que mantenham dois metros de distância. Grupos de no máximo oito pessoas podem se reunir por vez, e ainda não é permitido entrar nas casas de outras pessoas.

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, pediu cautela para a população com as novas regras do bloqueio. Ela enfatizou que, embora o bloqueio tenha sido diminuído, ainda é preciso, no máximo possível, ficar em casa. “Espero que essas mudanças tragam uma melhoria real na qualidade de nossas vidas. Mas elas são deliberadamente e, necessariamente, mudanças cautelosas”, disse ela.

“Se muitos de nós mudarmos nosso comportamento um pouco mais do que eles permitem, poderíamos ver o vírus se espalhar rapidamente novamente e isso nos levaria de volta à estaca zero”. A Escócia entrou em lockdown desde 23 de março e desde então não fez grandes mudanças nas restrições.

A fase 1 de diminuição do bloqueio escocês

Mas, a partir desta sexta (29) o governo entrou na primeira fase de quatro estabelecidas. Para devolver as liberdades para a população, enquanto segue a luta contra o vírus. A primeira ministra disse que as consequências de ir além das novas diretrizes não seriam medidas apenas em termos de bloqueio, “mas também em termos de vidas perdidas”.

“Não estou tentando acabar com a diversão de ninguém neste fim de semana”, disse ela. “Eu realmente quero que todos gostem dessas mudanças, porque todos vocês ganharam mais do que isso. Mas eu estou pedindo que você faça isso de forma responsável.” E acrescentou: “Se você estiver em dúvida sobre se seus planos estão dentro das regras ou não, erre por cautela.

“Por mais severas que essas regras possam parecer agora, e eu sei que, se cumpri-las, nunca será tão severa quanto lamentar a perda de um ente querido”. As mudanças na Escócia ocorrem quando o governo do Reino Unido anunciou que grupos de seis pessoas de diferentes famílias poderão se encontrar fora da Inglaterra a partir de segunda-feira.

Medidas semelhantes foram anunciadas para o País de Gales. Embora as pessoas de duas famílias possam se reunir em grupos de qualquer tamanho, desde que permaneçam locais. Enquanto isso, casamentos ao ar livre com 10 pessoas presentes podem ser permitidos na Irlanda do Norte a partir de 8 de junho.

%d blogueiros gostam disto: