Brasil estreia nos Jogos Paraolímpicos com quatro medalhas na natação

Os Jogos Paraolímpicos de Tóquio mal começaram, e o Brasil já começa a disputa com quatro medalhas na natação: uma de ouro, uma de prata e duas de bronze.

Gabriel Bandeira conquistou ouro na natação e bateu recorde paralímpico ao vencer nos 100m borboleta classe s14, para atletas com deficiência intelectual. Já Gabriel Geraldo Araujo comemorou a medalha de prata nos 100m costas da classe s2, para atletas com funções limitadas nas mãos, tronco ou pernas. Ele dedicou a vitória ao seu avô.

“Essa foi para o senhor, Vô . Obrigado por me mandarem tantas energias positivas e toda torcida que sem dúvidas, fazem a diferença! A história Gabriel Araújo está apenas começando. Agradecimento em especial a minha equipe multidisciplinar, nosso trabalho tendo resultados”.

O veterano Phelipe Rodrigues conquistou a medalha de bronze nos 50m livre classe s10 (para atletas com deficiências físicas ‘menores’, como a perda de uma mão). Foi a 8ª medalha do brasileiro nos Jogos Paralímpicos.

Daniel Dias também conquistou bronze nos 100m livre da classe s5 (para atletas amputados ou com má formação congênita nos braços) e levou sua 25ª medalha em Paralimpíadas.

%d blogueiros gostam disto: