Dez dicas úteis para usar da melhor maneira seu cartão de crédito

O cartão de crédito faz parte da vida de milhares de pessoas em todo o mundo. Mas todos que possuem o chamado “dinheiro de plástico” vivem com dúvidas sobre como utilizar o cartão da melhor maneira possível.

Um uso correto faz com que o cartão de crédito seja um bom amigo do controle de gastos, ajuda a otimizar as finanças, e ainda pode ajudar em um melhor rendimento de seu dinheiro.

Assim, separamos dez dicas importantes para um bom uso deste objeto, que é considerado vilão por muita gente, mas que pode ser um bom amigo, se usado corretamente.

1. Anote todas as despesas

Para saber como o seu dinheiro foi gasto, é importante anotar todas as despesas feitas no cartão de crédito. Os aplicativos atuais costumam descrever todas as atividades, mas um caderno ou aplicativo ajuda muito mais a mentalizar como você gasta seu cartão, além de ajudar a se programar para usá-lo melhor.

2. Elabore seu planejamento financeiro

Quer comprar algo? Então faça as contas antes. Não adianta querer usar o limite do cartão como se não houvesse amanhã, sendo que o amanhã não só existe, como entrega a fatura.

Assim, se programando, você saberá exatamente como usar seu cartão, quando usá-lo e a melhor maneira para evitar gastos desnecessários.

3. Utilize apenas um cartão

Há muita oferta de cartão de crédito atualmente, e as pessoas costumam andar com vários no seu dia a dia. O ideal, no entanto, é possuir apenas um cartão. Especialmente dentro da carteira.

Ter mais de um cartão pode dar a ilusão de possibilidade pelo limite, e pode potencializar compras impulsivas.

Mas sim, esta dica é extremamente necessária para quem tem sérios problemas com o cartão. Quem já consegue lidar com mais de um cartão pode aproveitar vários produtos que eles oferecem, como as milhas.

4. Limite do cartão deve ser de, no máximo, 50% do seu salário

Quando você entende que o limite do cartão não é um dinheiro seu, e sim um valor garantido para gastos do banco emissor, a sua visão sobre ele muda. E assim, a ilusão de “gastar como quer” cai por terra.

Assim, o ideal é seguir o princípio eterno do gastar menos do que ganha. Se você consegue usar metade do seu salário no cartão, você não terá problemas na hora de pagar as faturas.

5. Evite pagar ou, pelo menos, negocie as taxas de anuidade. Sempre!

Hoje já existem diversos cartões que não cobram nenhuma anuidade. Mas por outro lado, ainda existem cartões que cobram anuidades com altos valores. Assim, se você usa bastante seu cartão, você pode renegociar este valor.

Com faturas pagas em dia, e um bom uso do cartão, você pode diminuir este valor, ou ainda eliminá-la. Por isso é muito bom entender melhor o cartão que você quer antes de contratar o serviço.

6. Fique atento aos programas de descontos e vantagens

Cada cartão tem o seu programa de benefícios. Alguns incluem descontos, outros milhas e atualmente, a tendência é o cashback. Assim, é muito importante você, antes de contratar um cartão, ver se o produto tem benefícios que podem te ajudar a impulsionar alguma meta. Como as milhas que, com o uso do seu cartão, podem te oferecer apoio para uma viagem.

7. Cuidado com o pagamento mínimo da fatura

Talvez a maior armadilha de um cartão de crédito, o pagamento mínimo de fatura garante que você não fique inadimplente, mas por outro lado, inicia uma bola de neve que pode ser insustentável.

Há algumas alternativas que podem ser úteis neste momento, em que a fatura está vencendo e não há o dinheiro para pagar. Alguns bancos permitem o parcelamento de compras específicas, e até pegar um empréstimo pessoal é melhor, pois os juros de um empréstimo são menores do que o acumulado em pagamentos mínimos.

8. Consulte o saldo do cartão frequentemente

Não anotar os gastos, conforme já falamos, é suficiente para que o cartão seja usado de maneira desenfreada e, com isso, acabar gastando mais do que poderia. Por isso, é muito importante, além de registrar os gastos, também verificar constantemente o saldo.

9. Evite fazer cartões de loja

Sabe aqueles cartões de loja, sempre oferecidos de forma exagerada pelos vendedores? Pois ele também pode ser um grande problema. Além de ir aumentando a sua gama de cartões, especialmente se você quiser fazer cartões de várias lojas, elas ainda incentivam o gasto dentro da loja, pois algumas aceitam o pagamento apenas no caixa de uma unidade.

Só vale a pena ter um destes cartões se você já possui o hábito de comprar em apenas uma loja, já tem domínio financeiro, e aproveita os benefícios desta loja constantemente.

10. Atenção ao pagar contas de água, luz e telefone no cartão 

Algumas operadoras de cartão e serviços permitem que contas de água, luz e telefone, além de diversos boletos, possam ser pagas no cartão. Por um lado, é um benefício, pois você concentra tudo em uma fatura só, além de potencializar o acúmulo de pontos que podem ser revertidos em milhas, por exemplo.

Entretanto, é bom saber que este serviço geralmente são pagos, com uma taxa sendo cobrada baseada no valor da fatura. Por isso, é sempre bom pesquisar bem onde você paga a fatura usando o cartão, antes de gastar dinheiro a mais com estes pagamentos.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: