Escoceses plantam 100 mil girassóis com a palavra ESPERANÇA

Para arrecadar fundos para a caridade, uma comunidade de agricultores e a Igreja da cidade de Fife, na Escócia, tiveram a ideia de fazer uma plantação de girassóis. Mas se trata de uma plantação especial, onde mais de 100 mil flores foram juntas a palavra HOPE, que significa esperança, em inglês.

Mensagem

Pollock, de 30 anos, administra a fazenda com sua mãe Fiona e irmãs mais velhas. Ele disse que espera que o projeto “dê às pessoas um senso de esperança para o futuro”.

“Este campo perto da nossa fazenda tem cerca de 1,5 hectares e centenas de milhares de girassóis foram plantados. Usamos um método de perfuração direta e mais rápida. Não demorou muito”, contou.

A ideia foi do ministro da Igreja da Escócia, Douglas Creighton. Ele pediu à Claire para plantar mais de 100.000 girassóis no início de maio.

E o espaço florido foi inaugurado no último final de semana.

Aberto para visitação

Demora 20 minutos para completar o enorme labirinto de flores. As pessoas pagam 5 libras, cerca de 36 reais pelo ingresso individual, ou 15 libras, 100 reais pelo ingresso familiar.

A visitação da comunidade já rendeu 2 mil libras, quase 15 mil reais. Esse dinheiro arrecadado será destinado a instituições de caridade.

“As pessoas realmente gostam de girassóis e nos últimos cinco a seis anos temos plantado  para espalhar um pouco de alegria pela região.

Espírito de união

Creighton disse que o campo é uma celebração do espírito comunitário que as pessoas mostraram durante a pandemia.

“A esperança está no centro da mensagem cristã e a igreja é construída sobre a esperança, mesmo nos tempos mais sombrios”, disse ele.

“Foram 18 meses sombrios para muitos e queríamos marcar o fim do lockdown com algo realmente espetacular – e quem não ama girassóis?

“Eles são muito brilhantes e alegres e olham uns para os outros enquanto seguem o sol.”

Veja como ficou:

Pollock da Fazenda Ardross em Fife esculpiu a palavra 'esperança' em seu campo Foto: Igreja da Escócia / PA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: