Reino Unido não exigirá mais testes de covid para vacinados que entram no país

Não será mais necessário um teste de covid para vacinados que desembarcam na Inglaterra. Boris Johnson, em mais um anúncio, trouxe a nova medida, durante as recentes ações do governo, que entendem que o vírus está passando de uma pandemia para uma endemia.

Endemia é quando o vírus ainda está em circulação, mas apenas em alguns locais específicos, onde medidas específicas e vacinação são fundamentais. Como exemplo, a Febre Amarela na região da Amazônia é uma endemia.

Tal mudança deve estimular o turismo, pois diminui os custos das viagens, especialmente entre famílias, e dão segurança aos viajantes por entenderem que suas férias não serão frustradas no setor de entrada de estrangeiros.

Em uma entrevista coletiva, Johnson disse que a mudança mostra que o Reino Unido está “aberto aos viajantes”. Segundo ele, pessoas com duas doses das vacinas não mais precisarão se submeter a testes após o desembarque na Inglaterra.

Mais detalhes do plano serão divulgados pelo ministro da Saúde, Sajid Javid, em uma audiência no Parlamento britânico. Mas as medidas fazem parte de uma estratégia mais ampla de flexibilização das restrições adotadas em dezembro para conter a variante ômicron.

Na semana passada, Johnson anunciou que suspenderia as medidas do chamado “Plano B” de combate à covid-19. Com isso, o governo deixou de pedir que os britânicos trabalhassem de casa. A partir de quinta-feira, a população também não precisará mais usar máscaras nas lojas e no transporte público.

A flexibilização ocorre em um momento em que Johnson é pressionado a renunciar após ter participado de uma festa em Downing Street, sede do governo, durante o primeiro lockdown decretado no Reino Unido por causa da pandemia.

%d blogueiros gostam disto: