Príncipe Harry e Meghan Markle manterão propriedade no Reino Unido

O prícipe Harry e Meghan Markle decidiram renovar o arrendamento da residência que possuem em Windsor, na Inglaterra. De acordo com o Telefraph, o contrato expira em 31 de março, com a decisão sendo tomada de forma antecipada.

Manter a propriedade inglesa significa manter Harry no Conselho de Estado da rainha Elizabeth II, sendo um dos quatro representantes temporários quando necessário. Apesar de morar nos EUA, a residência em solo britânico ainda o qualifica para a função.

Além de Harry, os outros três representantes da Rainha são os quatro adultos na linhagem do trono, Príncipe Charles, Príncipe Wiliam e Príncipe Andrew.

O jornal ainda destaca que estas funções de representantes são pouco conhecidas pelo público, mas ultimamente tem sido de grande importância já que a Rainha pode solicitar que eles ocupem seu lugar em certas ocasiões caso ela temporariamente adoeça ou algo ocorra. A linhagem também tem sido assunto por conta das polêmicas de abuso sexual envolvendo Príncipe Andrew.

Sobre a residência de Harry, segundo informações, em setembro de 2020 ele e a esposa, Meghan, pagaram mais de dois milhões de libras, o equivalente a quase 14 milhões de reais, em reformas e renovações do local, e atualmente Princesa Eugenie, Jack Brooksbank e o filho August estão morando lá. 

Apesar de Harry não ter ido muito para a Inglaterra desde que se mudou com a família para os Estados Unidos, ele tem expressado aos seus advogados seu desejo de retornar ao país para ver a família e amigos. 

%d blogueiros gostam disto: