Homem é condenado a serviços comunitários no Reino Unido por causa de tweet agressivo

Joseph Kelly foi condenado a 150 horas de serviço comunitário no Reino Unido. O motivo foi um tweet ofensivo, que ficou no ar por apenas 20 minutos. A condenação ocorreu na última quarta (30), e Kelly correu risco até de ir preso.

A sentença definitiva foi emitida no dia 30, mas ele já havia sido declarado culpado em fevereiro de 2021. A legislação britânica permite que usuários sejam processados se enviarem mensagens “grosseiramente ofensivas” contra outros.

O tweet ofensivo ganhou ainda mais destaque por causa da pessoa que o recebeu. Kelly direcionou seu tweet para Sir Tom Moore, oficial do exército britânico que ficou conhecido por dar 100 voltas em seu jardim ao comemorar seus 100 anos de vida.

A iniciativa aconteceu como meio de angariar fundos para o sistema de saúde britânico, durante os primeiros dias da pandemia de coronavírus. Sua atitude rendeu uma condecoração da Rainha Elizabeth II.

O tweet em questão foi feito no dia seguinte à morte de Moore e dizia “the only good Brit soldier is a deed one, burn auld fella buuuuurn”, que quer dizer “o único bom soldado britânico é um soldado morto” seguida de uma mensagem desejando que o idoso “queimasse”.

Kelly afirma que escreveu a mensagem bêbado. “Ele aceita que estava errado. Ele não previu o que aconteceria. Ele tomou medidas quase imediatamente para excluir o tweet, mas o gênio estava fora da garrafa até então”, disse a defesa do homem. “Seu nível de criminalidade era um post bêbado, em um momento em que ele estava lutando emocionalmente, do qual se arrependeu e removeu quase instantaneamente”, completou ainda.

A justificativa não foi aceita, e Kelly foi condenado a 150 horas de trabalho não remunerado, além de 18 meses de supervisão. “Minha opinião é, depois de ouvir as evidências, que este foi um tweet grosseiramente ofensivo. A dissuasão é realmente mostrar às pessoas que, apesar dos passos que você deu para tentar relembrar as coisas, assim que você pressionar o botão azul, é isso. É importante que outras pessoas percebam a rapidez com que as coisas podem sair do controle. Você é um bom exemplo disso, não tendo muitos seguidores”, disse Adrian Cottam, responsável pela condenação.

%d blogueiros gostam disto: