Ataque em metrô na cidade de Nova York teve fumaça e vítimas baleadas

Um ataque envolvendo tiroteios deixou ao menos 16 feridos em uma estação de metrô do Brooklyn, em Nova York. Destes feridos, 10 teriam sido atingidos pelos disparos. Durante a terça (12), quando o atentado ocorreu, a comissária do Corpo de Bombeiros de Nova York (FDNY) Laura Kavanagh divulgou que 16 vítimas foram atendidas, das quais 10 possuem ferimentos causados por balas, e cinco estão em condição crítica, mas estável.

A comissária da Polícia de Nova York, Keechant Swell, também afirmou que não foram encontrados explosivos na estação e nos trens. Também pediu para que testemunhas continuem enviando fotos e vídeos para as autoridades. Ela reforçou que o envio deve ser feito, mesmo se para a testemunha, “pareça insignificante”.

Embed from Getty Images

Os bombeiros chegaram a relatar “dispositivos não detonados”, mas investigações posteriores apontaram que o atirador liberou fumaça em um dos trens, antes de abrir fogo, ainda dentro do vagão. Até o momento, o ato não está sendo considerado terrorismo, embora exista a possibilidade.

Testemunhas afirmam que o suspeito usava colete amarelo de construção e uma máscara de gás, o que indica que a ação foi premeditada. Os bombeiros foram chamados para a estação de metrô no Brooklyn por volta das 8 e meia da manhã. chegando lá, encontraram várias pessoas baleadas.

De acordo com a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, o presidente Joe Biden já foi informado sobre o ocorrido, e a vice-presidente Kamala Harris está recebendo atualizações.

%d blogueiros gostam disto: