74 crianças são infectadas por vírus misterioso no Reino Unido

Um novo tipo de hepatite aguda, que gerou casos recentes em crianças pequenas, levou a OMS a alertar os pais de países europeus, como o Reino Unido. A agência afirmou estar monitorando casos da infecção no Reino Unido, Irlanda e Espanha, onde ao menos 74 casos já foram registrados, seis deles resultando em transplante de fígado.

A organização, que acredita que novos casos surgirão nos próximos dias, pediu vigilância aos departamentos de saúde dos países membros. Profissionais de saúde observam várias questões envolvendo a doença. A hepatite afeta principalmente menores de 10 anos e se manifesta por sintomas como icterícia (coloração amarelada da pele), diarreia, vômitos e dores abdominais.

Todos os casos foram identificados após a internação, e nenhum dos tipos conhecidos dos vírus foram detectados. “Os vírus da hepatite (A, B, C, E e D, quando aplicável) foram excluídos após testes laboratoriais, enquanto investigações adicionais estão em andamento para entender a etiologia (origem)desses casos”, informa a OMS.

No momento, o governo britânico define as ocorrências médicas como uma “hepatite aguda grave de causa desconhecida em crianças pequenas, sem doenças prévias, com idade de 11 meses a 5 anos”.

Os primeiros registros ocorreram na Escócia, em 5 de abril, quando 10 pacientes apresentaram a doença desconhecida. Esse número subiu vertiginosamente em pouco tempo, com 74 casos (49 na Inglaterra, 13 na Escócia e 12 no País de Gales e na Irlanda do Norte) notificados nos três dias seguintes. Também há suspeita de cinco casos na Irlanda e três na Espanha em crianças de 22 meses a 13 anos. Não há registro de mortes até o último dia 11.

%d blogueiros gostam disto: