Reino Unido irá testar jornada de trabalho de quatro dias

O projeto que busca reduzir jornadas de trabalho sem reduzir salários será testado no Reino Unido. Serão cerca de 3 mil funcionários de 60 empresas que participarão de testes que já foram realizados na Espanha, Islândia, EUA e Canadá. Austrália e Nova Zelândia também planejam testar o formato.

Alex Soojung-Kim Pang, diretor de projetos da 4 Day Week Global, a empresa que está apoiando os testes, afirma que os seis meses que o Reino Unido fará os testes terá grande utilidade na coleta de dados.

O objetivo dos testes é de aumentar a produtividade e bem estar dos funcionários. A semana de quatro dias de trabalho também pode servir para reter os melhores no Reino Unido, os fazendo não desejar ir em outro país, enquanto novos funcionários possam ser atraídos também.

Entre os desafios, estão os setores que teriam maiores dificuldades em implementar a jornada mais curta. Enquanto no universo dos serviços a jornada de quatro dias pode ser implementada de forma mais fácil, em outros setores, como o varejo ou a alimentação, há maiores desafios. Será preciso medir a produtividade, em diversos setores.

Em contraponto, estudos afirmam que países que trabalham menos, como Dinamarca, Suécia e Holanda, que já possuem jornadas menores de trabalho, tem maiores níveis de produtividade.

%d blogueiros gostam disto: