Presidente Zelenskiy afirma que Reino Unido envia o “que Kiev precisa” para a guerra

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, disse nesta semana que o Reino Unido está oferecendo as armas que seu país realmente precisa para continuarem no combate com a Rússia. O mandatário ainda agradeceu ao primeiro-ministro Boris Johnson (que chegou a visitar Kiev após o final da batalha na cidade) pela “compreensão completa” das necessidades de sua nação.

Os britânicos, por sua vez afirmaram que, em coordenação com os Estados Unidos, enviará para a Ucrânia sistemas de foguetes de lançamento múltiplos, capazes de atingir alvos em até 80 km de distância. Será uma nova ajuda militar do Reino Unido à Ucrânia desde os inícios das agressões, em fevereiro deste ano.

“Sou grato ao primeiro-ministro Boris Johnson pela compreensão completa de nossas demandas e prontidão para fornecer à Ucrânia exatamente as armas que ela precisa para proteger a vida de nosso povo”, disse Zelenskiy em seu discurso noturno em vídeo.

Nesta semana, a guerra entre Ucrânia e Rússia, que já dura mais de 100 dias, teve como notícia a luta pelo controle da cidade industrial de Sievierodonetsk, como parte de ofensiva russa para dominar a região de Donbas, no leste da Ucrânia, e que vive dias de conflitos em meio a separatistas russos, que atuam em campanha de separação ucraniana desde 2014.

Zelenskiy e Johnson mantiveram uma conversa telefônica na qual o presidente ucraniano disse que os dois estavam “procurando maneiras de evitar a crise alimentar e desbloquear os portos (da Ucrânia)”, referindo-se ao bloqueio naval russo na Ucrânia, que deixou esta última incapaz de exportar muito dos seus produtos agrícolas.

%d blogueiros gostam disto: