Reino Unido quer revisão do mercado de combustíveis, após aumento dos preços

O governo do Reino Unido pediu ao órgão que regula a concorrência no país uma revisão no mercado varejista de combustíveis. O pedido foi feito para confirmar se o recente corte nos impostos está sendo realmente repassado aos consumidores, após os preços nas bombas dos postos atingirem níveis muito altos.

O secretário britânico de Negócios, Kwasi Kwarteng, disse que a investigação irá descobrir os motivos pelo qual os preços dos combustíveis no país estão subindo muito rápido, mas descendo com grande lentidão.

O preço do petróleo aumentou em todo o mundo, especialmente após fevereiro, quando a Rússia invadiu a Ucrânia. A reabertura das economias após os dias de lockdown da pandemia, também influenciaram no preço.

Por isso, o Reino Unido reduziu o imposto sobre o combustível para cinco centavos de libra por litro, em um pacote de um ano que custará 5 bilhões de libras. A iniciativa buscava aliviar a carga sobre os motoristas e diminuir os impactos sobre os preços dos combustíveis.

Mesmo assim, os preços continuam subindo, com o custo médio do abastecimento de um carro familiar subindo para mais de 100 libras pela primeira vez na última semana.

%d blogueiros gostam disto: