Mestre do terror ganha versão imersiva em audiolivro

Edgar Allan Poe eternizou seu nome na História como “o mestre do terror”. Foi, senão, o primeiro autor a conseguir intersectar os universos da ficção científica, mistério, horror e terror. Isso porque Poe conseguiu a façanha de iludir seu leitor, tornando seus textos convidativamente agradáveis com sua poesia e prosa ora sinestésica, ora macabra.

Com esse gancho, e provando ter tirado algumas boas lições do manual do autor, o mais novo lançamento da Tocalivros chegou para cravar seu nome nos mais aficionados corações. Com ambientações detalhadas e atenção ao tom da narração, o audiolivro “13 histórias sombrias” é uma coletânea das principais obras de Poe que propõe a imersão do leitor-ouvinte ao seu universo.

A direção da obra é assinada pelo produtor artístico Clayton Heringer, que procurou entender cada conto e suas nuances para transmitir o mesmo embalo magnético das palavras escritas para aquelas contadas. Cortesia, também, dos efeitos sonoros exclusivos, feitos pelo artista de foley Thiago Nalin, e captados especialmente para a obra – o leitor terá a chance de ouvir, e consequentemente sentir, as portas se abrindo, o fogo cantando e os passos se aproximando. Se imaginar no interior da tumba e escalando montanhas, graças a tridimensionalidade dos efeitos binaurais.

O projeto traduziu, ainda, os versos de “o corvo” diretamente do latim e para adicioná-los ao conto “o poço e o pêndulo”, com o vero intuito de poder cantá-los ao estilo gregoriano e nas vozes de Juscelino Filho, compositor de toda a trilha, e com a participação especial da cantora Carla Cruz.

E, para finalizar, os narradores Zeza Mota, Alexandre Mercki, Priscilla Scholz, Flávio Costa, João Roncatto, Leo Raoni e Thiago Ubaldo contam as 13 histórias respeitando-as em seus detalhes e personalidades.

%d blogueiros gostam disto: