Novo Chefe do Exército Britânico pede para militares “se prepararem para lutar na Europa mais uma vez”

Patrick Sanders assumiu o cargo de chefe do Estado-Maior no Reino Unido. O general disse, ao assumir a função, que tem como “único dever” tornar seu exército o “mais letal e eficiente possível”.

Sanders também pediu para seus militares se prepararem para “lutar na Europa mais uma vez”, para “derrotar a Rússia em batalha”.

“Nós somos a geração que deve preparar o exército para lutar na Europa mais uma vez. Existe agora um imperativo urgente de construir um exército capaz de lutar ao lado dos nossos aliados e derrotar a Rússia em batalha”, pode ler-se numa carta, assinada por Patrick Sanders, e enviada este domingo aos militares.

O general também destacou que é o “primeiro chefe do Estado-Maior desde 1941 a assumir o comando do exército no meio de uma guerra na Europa, que envolve potências continentais”. E também acrescentou: “A invasão russa da Ucrânia sublinha o nosso principal propósito de proteger o Reino Unido, estando prontos para lutar e vencer guerras no terreno”.

O novo comandante supremo do exército britânico fez estas declarações em dias nos quais Boris Johnson fez uma segunda visita a Kiev, capital ucraniana, e propôs ao presidente do país, Volodymyr Zelensky, um programa de treino que enviaria ao Reino Unido, de quatro em quatro meses, dez mil militares ucranianos para treinamento, a fim de “mudar a equação da guerra”.

O conflito na Ucrânia segue desde o início das agressões, iniciadas em 24 de fevereiro.

%d blogueiros gostam disto: