“Navio que flutua” no Reino Unido é fenômeno natural raro no país

Um navio que parece flutuar, que foi visto em Cornualha, no Reino Unido, chamou muito a atenção. O cenário, que é curioso, é algo que chama muita atenção, especialmente dos mais curiosos. Há quem diga que o fenômeno é apenas uma montagem, mas a explicação correta é a de que se trata de uma ilusão de ótica.

O termo utilizado para definir este episódio foi o de “Fata Morgana”, feiticeira da lenda do rei Arthur. A explicação científica para esta situação é o encontro do ar quente com a água fria, dando a ilusão ótica que dá a impressão de que o navio está flutuando.

Em entrevista ao The Guardian no ano passado, apresentador e meteorologista David Braine falou sobre o fenômeno, também conhecido como ‘miragem superior’.

“Miragens superiores ocorrem por causa da condição climática conhecida como inversão de temperatura, onde o ar frio fica perto do mar com ar mais quente acima dele”, disse ele.

“Como o ar frio é mais denso que o ar quente, ele direciona a luz para os olhos de alguém que está no chão ou na costa, mudando a aparência de um objeto distante. Miragens superiores podem produzir alguns tipos diferentes de imagens – aqui aparece um navio distante flutuar acima de sua posição real, mas às vezes um objeto abaixo do horizonte pode se tornar visível.”

Tal cena é rara no Reino Unido, mas é comum no Ártico, exatamente pelas questões temporais que geram essa ilusão ótica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: