Sete dicas para a bateria do seu smartphone durar mais

A bateria do seu smartphone acaba muito rápido? Nós sabemos que, atualmente, as baterias dos smartphones não dão conta de um dia todo de trabalho, e para alguns, a autonomia das baterias é ainda menor, por diversos fatores. Entretanto, é possível, com dicas simples, manter a bateria mais durável, ao menos para evitar ficar sem em momentos de necessidade.

Separamos, assim, sete dicas que podem te ajudar a aumentar a autonomia de sua bateria, seja seu dispositivo Android ou iOS. Os aparelhos possuem funcionalidades e aplicativos, que comprometem o tempo da bateria, sendo assim, vamos ver dicas que podem ser aplicadas por você, e manter seu celular com mais bateria, por mais tempo.

1- Diminua o brilho da tela

Diminuir o brilho da tela pode ser uma boa alternativa, principalmente para celulares com telas muito grandes, que consomem muita bateria apenas para manter a tela acesa. Assim, quanto menor o brilho, menor o consumo de bateria. Os aparelhos atuais permitem configurar o brilho de forma automática, com a claridade do ambiente influenciando na tela, mas em casos de necessidade, você mesmo pode diminuir o brilho.

2- Use o modo de economia de energia

O recurso Economia de Energia está presente na maioria dos celulares. Nele, os celulares desativam recursos e diminuem a resolução da tela, além de suspender aplicativos e diminuir o desempenho do aparelho. Assim, verifique se seu celular possui este recurso, para ativá-lo quando necessário. Alguns aparelhos permitem que o recurso seja ativado automaticamente, quando o smartphone atingir determinada porcentagem de energia.

3- Desligue o Bluetooth

O Bluetooth é presente em todos os aparelhos atuais, e servem para conectar seu smartphone a diversos dispositivos, como fones de ouvido, teclados ou relógios inteligentes. Assim, se você não estiver usando nenhum destes dispositivos, desligar o Bluetooth pode economizar uma boa bateria. E se você não possui nenhum dispositivo Bluetooth, não há necessidade de manter o modo ativo.

4- Verifique acessos desnecessários à sua localização e desligue

Alguns aplicativos solicitam e usam dados de localização em segundo plano. Por utilizar o GPS do aparelho para este fim, a bateria acaba sendo usada a mais, para dar suporte a esta tecnologia. Assim, tanto pela bateria, quanto pela sua privacidade, se achar necessário, você pode configurar as questões de localização, seja para permitir o uso apenas quando necessário, ou mesmo para desativar, quando não for necessário.

5- Habilite o modo noturno

O modo noturno faz com que as interfaces dos aplicativos fiquem escuras e, além de trazer conforto para os olhos, ainda pode trazer cerca de 60% de reserva de energia. Há quem deixe tal modo ativo apenas durante a noite, ou quem deixa sempre ativado. Assim, considere ativar o modo, da forma mais adequada para o seu dia a dia.

6- Feche apps que estejam funcionando em segundo plano

Há alguns aplicativos que funcionam em segundo plano, e assim consomem memória RAM do aparelho, além de bateria, uma vez que, mesmo sem você utilizar, estão ativos e em funcionamento. Cada sistema operacional e smartphone trabalha com esta questão de forma diferente. Assim, aprenda como o seu dispositivo lida com isso e deixe os apps em segundo plano sempre fechado, conforme possível.

7- No pior dos casos, use o modo avião

Se o seu smartphone estiver precisando de bateria em situações de extrema emergência, o melhor a ser feito é usar o modo avião. Como este modo desativa todas as conexões do aparelho, como o Bluetooth, Wi-Fi ou dados móveis, tudo no smartphone fica inoperante, poupando ao máximo sua bateria.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: